Astrologia: Sagitário trazendo oportunidades possíveis

Por Cecília Mariano*

Estamos na reta final da passagem do Sol pelo signo de Escorpião. Durante os últimos cerca de vinte e cinco dias, a nossa estrela maior esteve caminhando por águas profundas e mexendo com nossas emoções mais íntimas. E quando Mercúrio e Marte resolveram acompanhá-lo nesta viagem submarina, nossa mente e nossos impulsos de ação também ficaram mais inclinados a cavar fundo e revelar tudo aquilo que foi empurrado para debaixo do tapete.
O nosso lado detetive esteve acionado e é bem capaz que nesta “brincadeira” de procurar tenhamos nos deparado com aspectos, hábitos, pessoas, relacionamentos e ideias que já não nos servem mais.
Foi o momento de olhar para tudo isso e fazer uma análise profunda, não apenas com a mente, mas também com a intuição. As energias de Escorpião dispensam a racionalidade e pedem uma boa dose de coragem, determinação e, porque não, sangue frio, já que algumas vezes o que precisamos é eliminar alguma coisa de nossas vidas.
O resultado é que abrimos caminho para algo novo e todo este espaço aberto agora será terreno fértil para as forças de Sagitário agirem! No finalzinho do dia 21 de novembro, o Sol ingressa no signo do arqueiro e o convite será enxergar mais longe e apontar a sua flecha para um alvo muito além do horizonte!
Sagitário nos traz a essência do visionário, daquele que pensa grande e ultrapassa as fronteiras. Está relacionado com otimismo, autoconfiança, generosidade e abundância. Toda esta grandeza pode se expressar como expansão e também exagero ou falta de paciência com os pormenores e limitações do dia a dia, como o tempo ou a louça para lavar, por exemplo.

Outro ponto que o otimismo exagerado pode trazer é o excesso de compromissos agendados, já que podemos nos deparar com muitas ofertas e convites e a vontade será de aceitar todos eles.

Isto me faz lembrar de um vídeo que assisti e me fez refletir bastante. Nele, um homem que trabalhava com consultoria procurou a ajuda de um mentor. Ele se dizia muito confuso com a quantidade de profissionais com quem poderia trabalhar e estava ansioso e sobrecarregado com tantas ideias e oportunidades. O mentor questionou se todos aqueles profissionais já haviam aceitado a consultoria que ele oferecia e o homem respondeu que não.

Foi então que veio a grande sacada (que coincidência ou não, havia sido levantada pelo meu psicólogo dias antes!). O mentor disse que o que o consultor tinha eram possibilidades, não oportunidades! E mais, ele acrescentou que gastar energia com possibilidades é um exercício em vão, que apenas desgasta e pulveriza a atenção.

As possibilidades precisam ser aceitas para que se tornem oportunidades e somos nós quem devemos decidir em quais realmente vamos investir nosso tempo e esforços.

Oportunidades são possibilidades que escolhemos aceitar. Nestes próximos dias, poderemos ver as possibilidades se multiplicarem e antes que a gente se perca com tanto dinamismo e amplificação, a dica é refletir pelo menos um pouquinho o que vale mesmo a pena virar oportunidade. Otimismo e vontade não faltarão, aproveite!

* Cecilia Mariano é astróloga e terapeuta. Instagram: @ceciliamarianorosa. Site: ceciliamariano.com

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.