Café: A paixão brasileira que ganhou o Reino Unido e tem novo capítulo no Qatar

Por Mikaela Paim*

Eu adoro ter minha coluna do Notícias em Português como a primeira plataforma de divulgação de muitas novidades envolvendo minha carreira profissional. Foi aqui que contei em primeira mão sobre minha mudança para Doha no Qatar e quais seriam os desafios para construir do zero o projeto do Cigar Lounge mais exclusivo do mundo e pelas mãos de uma mulher, brasileira, vivendo no Oriente Médio.

Dessa vez não ia ser diferente e eu trouxe um assunto que é uma verdadeira paixão de qualquer brasileiro, vivendo em qualquer canto do mundo. O cheiro, o aroma e o sabor do café reúnem amantes e apreciadores da segunda bebida mais famosa do mundo.

Segundo pesquisa divulgada pela ABIC (Associação Brasileia da Indústria de Café), 9 entre 10 brasileiros bebem café e essa realidade tem se tornado um hábito para os britânicos. Conhecidos por serem grandes admiradores do chá, a nação anda trocando o favoritismo pelo café, sendo a bebida do momento. Quem diria!

E a novidade aqui no Qatar ganha outros capítulos. O Oriente Médio é conhecido por saborear a bebida com especiarias, mas se rendeu ao nosso cafezinho brasileiro. Dentro do meu projeto, estou trabalhando com um produto 100% nacional. Imaginem uma brasileira, especialista em cafés, falando de café brasileiro no Qatar.

Eles são apaixonados por café e gostam dessa rotina de sair de casa para viver uma experiência diferenciada com a bebida. Um fato curioso é que muitos lugares em Doha trabalham com o nosso café nacional e, claro, que diante dos desafios do meu trabalho e minha trajetória estudando os grãos, torras e sabores, há quase 14 anos, eu não poderia deixar de falar do café da minha terra.

Ainda esse ano, dentro do projeto Tesouros do Brasil, uma curadoria de produtos nacionais que ficou disponível em minha plataforma durante 3 meses, a gente criou um café exclusivo “Mikaela Paim”. E isso foi reflexo de várias temporadas me dedicando a esse universo tão rico para o nosso paladar. Quando eu tinha 21 anos de idade, eu tive meu próprio coffee shop, já prestei consultoria para várias marcas e cafeterias no Brasil e fora dele, incluindo algumas famosas como Nespresso.

A intenção é sempre mostrar e agregar valor a um serviço extremamente refinado e que mostra a riqueza de alguns produtos específicos. Eu também criei o primeiro café do mundo exclusivo para harmonizar com o charuto. É o primeiro Cigar Lounge da história a ter um Signature Blend Coffee que foi desenvolvido com uma tosta média, com notas de caramelo, cacau, nozes, que são notas muito presentes no charuto e se mantém personalizado para essa ocasião, baseada em toda a minha experiência.

Ao final da imersão com o charuto o café é sempre recomendado porque os óleos essenciais da bebida criam uma base nas papilas gustativas para receber melhor a experiência completa.

Esse projeto de minha autoria trouxe outros patamares e que abriram muitas portas nesse ambiente extremamente novo que é o Oriente Médio. Algumas oportunidades de mostrar cada vez mais o nosso jeito de servir e a importância das experiências estão aparecendo, como consultorias para deixar a minha marca com o café no Qatar, além de algumas ideias novas que estão borbulhando. O que será que vem por aí? Volto logo com mais novidades.

* Mikaela Paim é brasileira, sommèliere de vinhos e única empresária brasileira especialista em todos os tipos de bebidas, azeites e charutos. Com mais de 15 anos de carreira na área gastronômica, é reconhecida em todas as áreas que atua, além de ser jurada, avaliadora dos principais campeonatos e especialista em técnicas multissensoriais. mikaelapaim@gmail.com

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.